domingo, 4 de abril de 2010

"sem titulo"

São as despedidas tristes sempre.
E depois da partida o vazio existe,
Seco...
Escuro...
Vago...
E cheio de silêncio...
À partida o abstrato, e mais nada...

Amanda Braga .

2 comentários:

Jone disse...

Belo Blog... se respira arte aqui...

Julio disse...

não sei o que é isso... sou oco por dentro...